Ciúme de amigo: sentimento nada saudável

Começo esse texto com uma pergunta ou reflexão. Você é cúmplice, sincero, admirador e fiel aos seus amigos mais íntimos e verdadeiros? Se for, sinto lhe dizer: acenda o sinal de alerta urgente, ou não. Deixe rolar. O fato  é que você está entrando em um relacionamento sério sem perceber, meu caro.
Um compromisso que não tem beijos na boca ou sexo. Mas pode ter certeza, tem desentendimentos e muitos, às vezes.. Amizade, meus nobres,  é igualzinho a casamento, com uma única diferença, dormimos em casas separadas. A forma de estabelecer o contrato segue o tradicional juramento: “Na alegria na tristeza, na saúde na doença até que…. uma briga nos separe”.
Como diria minha avó, a única coisa que escolhemos é o nosso companheiro, os amigos surgem ao longo da estrada. Cada um embarca em determinada estação e o trem segue acumulando o ônus e o bônus dessa longa viagem ao descobrimento da vida. É certo que algumas pessoas passam, sem ao menos, serem notadas e descem na estação do valeu!  
Outras permanecem tanto tempo no vagão que cultivamos vínculos eternos tamanha semelhança e carinho que adquirimos com a convivência. Ah, essa maldita palavra com poder de unir e desunir. Convivência e intimidade – pronto, outra palavrinha destruidora de relações – são como forma de tratamento.
– Oi, prazer em conhecer
– Até logo. Não quero mais te ver.
Na verdade amizade é coisa complexa que nos deixa desanimados e felizes. Mas sabemos que em uma esquina qualquer eles (amigos) estarão lá. Estarão para dividir segredos, emprestar o ombro, chorar o seu choro, te levar para o mundo dele e conhecer os seus gostos, brincar feito crianças, viajar, olhar o pôr do sol, discutir filosofia, ouvir música e na depressão ver filmes.
Nossos amigos também estarão lá para emprestar uma roupa para usar na festa chique, contribuir com alguns trocados, pagar a conta do bar quando estiver sem grana, beber juntos e te colocar no chuveiro quando estiver de porre.  Eles podem ainda cobrar atenção e quando lhe faltar tempo para ouvi-los surgem os questionamentos incontestáveis:
– você está individualista.
–  Não tem tempo para mim.
–  O que está acontecendo?
Amizade carrega um sentimento nada saudável: ciúme. Que você tem de lidar. Tudo isso é gostoso, afinal sem os amigos (a) ficaríamos como almas vagando sem destino. Sem ter com quem conversar, brigar, rir e chorar. A vida sem eles seria  extremamente sem graça.
 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *